RANKING

REGRAS E PREMIAÇÃO - 2016

REGRAS DO RANKING 2016 E PREMIAÇÃO REFERENTE AS PASSAGENS

REGRAS GERAIS

 

Para concorrer ao ranking das passagens masculino e feminino o (a) atleta deve:

Participar pelo menos de 04 etapas;

Deve lutar na mesma categoria de idade, peso e faixa em pelo menos 04 (quatro) etapas; 

Caso mude de faixa ou categoria sua pontuação não será transferida;

Caso o (a) atleta mude de equipe será contabilizado ao final do ranking apenas os pontos da mesma equipe que o atleta lutou;

O Absoluto não contabilizará pontos para o ranking;

O (a) atleta que lutou 4 (quatro) etapas  e numa delas (ou mais) trocou a categoria de idade, faixa ou equipe , deixa de concorrer a passagem;

Em caso do (a) atleta ter disputado apenas duas etapas em categorias diferentes, mesmo sem concorrer ao ranking das passagens, prevalecerá a maior pontuação;

Caso tenha  mais de duas etapas disputadas prevalecerá a  pontuação da categoria predominante, enquanto a pontuação de outras categorias não predominantes serão invalidadas;

O (A) atleta (masculino ou feminino) que esteja na condições de concorrer, isto é, ter lutado e computado pontos pelo menos em quatro etapas lutando na mesma categoria de peso, idade e faixa, caso este mesmo atleta tenha disputado ao final do ranking (isto é, após o encerramento das competições que valem pelo ranking) mais de quatro etapas, apenas será contabilizado os pontos na categoria de peso, idade e faixa exatamente das quatro etapas que habilitou o (a) atleta a concorrer ao ranking que vale pelas passagens; 

Mesmo que um (a) atleta tenha a maior pontuação, porém tenha uma (ou mais) das etapas não computada (invalidada) pelas regras acima o mesmo deixa de concorrer a passagem.

 

Pontuação:

Campeão : 900 pontos

Vice-campeão : 300 pontos

3° Colocado : 100 pontos

Atletas campeões sem luta na categoria marcam 450 pontos para o ranking, mas não marcam pontos para a academia.

NÃO CONTABILIZA PONTOS:

Desclassificação na balança

Desclassificação por W.O

Desclassificação por indisciplina

Atletas punidos pela Comissão Organizadora

As competições No Gi

A Copa do Mundo (World Cup) - 2016

PROTOCOLO PARA DESEMPATE:

Maior número de lutas disputadas e vencidas

O atleta mais graduado

O atleta mais pesado

Persistindo o empate, a decisão será por sorteio

COMPETIÇÕES  QUE VALEM O DOBRO DA PONTUAÇÃO:

World Jiu-Jitsu - 22 de outubro de 2016

Campeão = 1800 pontos 

Vice-Campeão = 600 pontos 

Terceiro colocado = 200 pontos

PONTUAÇÃO PARA DETERMINAR A EQUIPE CAMPEÃ GERAL E POR CATEGORIA

 

Os pontos são contados da seguinte maneira:1° colocado - 9 pontos /2° colocado - 3 pontos /3° colocado - 1 ponto

 

COMPETIÇÕES QUE COMPUTAM PONTUAÇÃO PARA DETERMINAR O CAMPEÃO DO RANKING:

Caso uma competição seja cancelada ou tenha a data transferida, cabe a CBJJP decidir se a realização da mesma em data futura valerá pontuação para o ranking.

A CBJJP fica obrigada a realizar  pelo menos 04 (quatro) eventos dentro de um ano letivo ( Exemplo: 04 competições no ano de 2016). Após realizar as 04 (quatro) primeiras competições do ano (o número mínimo de competições necessárias para concorrer ao ranking), as demais competições programadas no início do ano poderão não ser realizadas, encerrando assim a pontuação final do ranking no quarto evento. Por isso recomendamos que os atletas que desejem ao ranking participem das quatro primeiras competições, para não ficarem dependentes da realização das demais competições do ano letivo( podendo ser estas competições canceladas, transferidas ou não valerem pontos para o ranking caso suas datas sejam transferidas ou sejam canceladas).

CASOS OMISSOS NA CONTABILIZAÇÃO DOS PONTOS:

Qualquer caso que não tenha sido mencionado ou que necessite de esclarecimento ou reformulação ficará sob a decisão da Comissão Organizadora.

 

PREMIAÇÃO:

Premiação para o masculino:  adulto e masters:

 

Premiação para a maior pontuação dentre todas as categorias faixa azul adulto masculino

1 passagem aérea para disputar Evento no Exterior (Mundial da IBJJF de Kimono nos EUA-2018 ).

Premiação para a maior pontuação dentre todas as categorias faixa roxa adulto masculino

1 passagem aérea para disputar Evento no Exterior (Mundial da IBJJF de Kimono nos EUA-2018 ).

 

Premiação para a maior pontuação dentre todas as categorias faixa marrom adulto masculino

1 passagem aérea para disputar Evento no Exterior (Mundial da IBJJF de Kimono nos EUA-2018 ).  

 

Premiação para a maior pontuação dentre todas as categorias faixa preta adulto masculino

1 passagem aérea para disputar Evento no Exterior (Mundial da IBJJF de Kimono nos EUA -2018). 

Premiação para a maior pontuação dentre todas as categorias preta master (1-2-3-4 em diante)

(masters 1,2 e 3 lutam separados , mas disputam a pontuação juntos com a masters 4,5 e 6 )

1 passagem aérea para disputar Evento no Exterior (Mundial da IBJJF de Kimono nos EUA-2018)

 

OBSERVAÇÕES SOBRE AS PASSAGENS:

As passagens como premiações do ranking de 2016 será  01(uma) passagem aérea para disputar Evento no Exterior (Mundial da IBJJF de Kimono nos EUA). 

Caso a IBJJF mude seu mundial de kimono em 2018 para outro país que não seja os EUA, a CBJJP entregará o valor da passagem (em dinheiro) referente a menor tarifa promocional referente a uma passagem do Rio de Janeiro para os EUA - Los Angeles, ou Las Vegas no caso dos masters, cotada no período de 01-01-2018. A data para esse procedimento será acertada com a CBJJP.

As passagens do absoluto azul leve e azul pesado do International Open 2016 serão dadas para o mundial de kimono da IBJJF a ser realizado em 2017, as demais passagens das demais categorias premiadas serão dadas para o mundial de  kimono  da IBJJF  a ser realizado em 2018.

A passagem  é comprada para viajem na segunda-feira da semana do evento, com o retorno agendado para a segunda-feira seguinte após o evento da IBJJF. Recomendamos que as reservas de hotéis feitas pelos atletas sejam feitas  dentro deste período.

As especificações sobre compra, empresa aérea, classe de vôo, escalas etc, são definidas pela CBJJP.

A CBJJP apenas  se responsabiliza pela compra do bilhete aéreo, e não se responsabiliza por  reservas em hoteis  feitas pelos atletas em períodos que diferem dos dias dos bilhetes aéreos emitidos. Qualquer divergência entre o período de estadia feito pelo atleta relacionado ao período  de ida e volta do vôo feito pela CBJJP é de responsabilidade do atleta.

O atleta deve confirmar que irá viajar comunicando a CBJJP  por e-mail  e enviando para o e-mail da CBJJP a foto da página da identificação do passaporte e do visto para os EUA 90 (noventa) dias antes do evento da IBJJF. O atleta deverá enviar também para o mesmo e-mail o pagamento da inscrição para o evento da IBJJF 90 (noventa) dias antes do mesmo. Essa confirmação deve ser enviada para o e-mail de inscrição de competição da CBJJP: cbjjpcampeonato@hotmail.com ( o não cumprimento deste envio de documento e a não comunicação que irá viajar a CBJJP 90 (noventa) dias antes do evento da IBJJF desobriga a CBJJP a comprar a passagem para o atleta

( é necessário envio dos documentos e a comunicação que irá viajar ).

A passagem apenas poderá ser emitida (comprada) para atletas que já possuem passaporte e visto para os EUA 90 (noventa) dias antes da data do evento da IBJJF ( a página de identificação do passaporte e do visto no passaporte deverá ser enviada para o e-mail da CBJJP: cbjjpcampeonato@hotmail.com ), e deverá comunicar tanto que irá viajar como enviar os documentos solicitados para o e-mail da CBJJP 90 (noventa) dias antes do evento da IBJJF. O atleta deverá também enviar o comprovante de inscrição do evento da IBJJF  pago para o mesmo e-mail da CBJJP e também 90 (noventa) dias do evento da IBJJF. O não cumprimento deste envio de documento e a não comunicação que irá viajar a CBJJP 90 (noventa) dias antes do evento da IBJJF desobriga a CBJJP a comprar a passagem para o atleta (é necessário envio dos documentos e a comunicação que irá viajar ).

A CBJJP pode, dentro de sua capacidade, combinar com os atletas a emissão de bilhetes com datas diferentes das que normalmente o bilhete aéreo é liberado ( saída na segunda-feira da semana do evento e retorno na segunda-feria após o evento da IBJJF) , mas isso dependerá unica e exclusivamente da possibilidade da CBJJP, desde que a data solicitada pelo atleta seja feita com no mínimo 3 meses de antecedência.

Após a emissão do bilhete aéreo , qualquer mudança desejada pelo atletas relacionada a dias e horário de vôos é de responsabilidade do atleta que deverá tratar diretamente com a empresa aérea pelo qual foi emitido o bilhete.

As passagens são única e exclusivamente para o(s) evento(s) no ano listado pela CBJJP. Caso o atleta não possa viajar, independente do motivo, a passagem não poderá ser trocada para outra data ou evento, como também não poderá ser transferida para outro atleta, como não haverá possibilidade de pagamento do valor da passagem ao atleta, como não haverá possibilidade de qualquer espécie de reembolso relacionada a passagem ao atleta, ou qualquer espécie de compensação.

Assuntos que fogem das condições acima deverão ser comunicadas ou acertadas com  devida antecedência  a CBJJP, caso a CBJJP possa solucionar.

Os casos omissos, duvidosos ou que necessitem de esclarecimentos serão informados pela CBJJP neste edital, caso contrário informado diretamente pela CBJJP quando for solicitado pelos atletas vencedores do ranking.

CBJJP;

Fevereiro de 2017.